31 de jan de 2015

AINDA BEM




Ainda bem
Que o tempo passa
Deveria
Passar
Mais devagar
Para não deixar
Ainda
Aquelas sensações
De antigamente
As horas
Deveriam
Correr em câmera lenta
Haveria
Mais tempo
Mais vida
Ainda bem
Que o tempo
Faz morrer
Em nós
O que passou
Deveria
Matar mais rápido
E acabar rápido
Com este
Cruel passado
De todos nós
E laços