6 de nov de 2014

NÃO EXISTO

quem sou eu
sou sem nome
sem passado
sem história
sou o esquecido
o incomodo
a ausência
sou a solidão
a tristeza
os dias
de saudade
quem sou eu
flor que não abre
que morre
esquecida
em solo
ressecado pelo sol
sou fadiga
o cansaço
a solidão que incomoda
sou o álcool
a droga
o pior que há
sou o desamor
a descrença
o pesadelo em noite
de lua cheia
quem sou eu
alguém que você não vê
alguém que não existe
pra você

Foto by Lee Jeffries