10 de nov de 2014

MEUS OLHOS

olhe
em meus olhos
e sinta
talvez
o que sinto
já não há mais
lágrimas
a dor
há tempos
deixou
de doer
os pés estão cansados
os corpo
endurecido
coração
já não sente
quero apenas
que o dia acabe
que não falte
o pão
a água
e minhas histórias
olhe
meus olhos
não há mais
reflexos
nem sentimentos
sentimentos
são ilusões
que nos matam
aos poucos
o amor
é veneno
que faz a vida valer à pena
ou não