19 de jul de 2014

AINDA QUE

ainda que por ilusão
ou capricho
eu te preciso
sem precisar
te quero
sem poder querer
te sinto
sem poder sentir
ainda que por loucura
ou por demência
que dopa meus sentidos
já me sinto
teu
sem te ter
ainda que por ilusão
ou capricho
fiz de ti
meu destino
e dos teus braços
meu porto
dos beijos da boca
meu recanto
de paz
ainda que o amanhã
desfaça
esta minha insensatez
já terei
nascido
outra vez
para viver
de novo os mesmos
sonhos
ainda que capricho
ilusão
ou sonho
te preciso
sem precisar