"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

2 de abr de 2014

XINGU


Ainda
Vou morar no Xingu
Andar
Pelado
Tomar Santo Daime
Fumar maconha
Comer tapioca
Pescar
O dia inteiro
Quebrar o celular
O relógio
Pra não ver o tempo passar
Ainda
Vou morar no Xingu
Andar
Despreocupado
Sem I-Phone
Sem MP3
Sem Tablet
Sem televisão
Sem computador
Ainda
Vou me desprender
De tudo
Das roupas
Das preocupações
Quero o vento
Um único vento
Quero morrer
Sem tormento
Enterrado
Na sombra calma
De uma figueira