6 de abr de 2014

UM DIA

um dia
vou te abraçar
e se puder
não vou mais
te soltar
mesmo
que em sonhos
mesmo que na loucura
contida do meu eu
vamos
andar de mãos dadas
sentar
no banco da praça
e dar boas risadas
vamos
nos olhar nos olhos
e não dizer nada
pode ser
que as bocas
se calem
no beijo
pode ser que a pele
arrepie
de desejo
pode ser
que o silêncio
tome conta de nós
um dia
eu sei
vamos nos encontrar
afinal este mundo
não é tão grande assim
vamos
nos abraçar
e nos perder
um dia
não importa quando
eu sei
vou te olhar e sorrir