6 de abr de 2014

SOU TEU

agora
sou teu
beijo tua boca
mansamente
deixo
que me invada
que tome conta
de mim
rasgue minha roupa
me pegue
me toque
me dê seu mel
teus seios
tua ousadia
e loucura
agora
sou teu
abra
os braços
me acalme
em teu colo
me agarre
com suas pernas
não me deixe ir
me deixe em você
no fundo
de você
para que nunca mais
esqueça
sou teu
em versos
em poesia
louco
pensando em tudo
em cada poro
do teu corpo
sou teu
agora
no tempo
na nossa história