11 de abr de 2014

ONTEM


Ontem
Eu estava
Bem
Vivo
Cercado
De certezas
Confiante
No amanhã
Ontem
Eu era
Super héroi
De mim
Feliz
Imbatível
Cheio de vontades
Veio
A noite
A solidão
A madrugada
Um copo de vinho
Um cigarro
As poesias
E levou
Tudo o que eu queria
Ontem
Ficou
Na lembrança
Do que vivo
Hoje
A noite
E seu feitiço
E seu encanto
E a solidão
Nua
Abraçando meu corpo
Depois
Que o vinho
Maldito
Roubou de mim
A consciência dos meus atos