2 de abr de 2014

OLHOS ABSOLUTOS


Olhos
Absolutos
No infinito
Perdidos
Como tantos
Outros olhos
Perdidos
Em seus próprios
Infinitos
Quantos olhos
Quantos infinitos
Quantos
Tantos
Que já não se sabe
Mais
O tempo certo
De um amanhã
Ainda
Incerto
Ainda impreciso
Olhos
Absolutos
Profundos
Olhos
Que olham
Para um além
De tudo aquilo
Que os olhos perdidos
Não vêem