7 de abr de 2014

E DAI

e dai
se vislumbro
um mundo
que não existe
se quero
um amor
cada dia maior
se quero
explodir
de uma felicidade
que fantasio
me diz
o que não é de verdade
fantasia
e dai
se corro sem pressa
de chegar
se paro
ofegante
para respirar
o ar
dos tolos
que não gostam
de poesia
e dai
se a poesia
que escrevo
não tem rimas
nem versos
palavras
apenas jogadas
e dai
quem se importa
com o que sou
eu continuarei
aqui
bebendo
os melhores licores
e me enchendo
dos melhores perfumes
e dai
se amanhã
tudo
parecer diferentes
ainda
haverá em mim
todas as sensações
do que por algum momento
me fez feliz