6 de abr de 2014

COMO TE SINTO

eu te sinto
assim
leve
carente
quente
insana
quieta
com medo
às vezes
e tantas vezes
de ser você
eu te sinto sol
te sinto
brisa
suave
doce companhia
perdoa-me
se derrepente
eu me perder
e te querer
sentir
minha
ainda que por instante
ainda que por um momento
 te sinto
sinto
noite
janelas abertas
na cama
corpo coberto
de lençóis brancos
te sinto
assim
em meus delírios
te desenho
te rascunho
te bebo
me embriago
com tuas sensações
em mim