"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

29 de mar de 2014

O QUE SOU

o que sou
sou um pouco
do vento
um pouco
da ventania
um pouco
da calmaria
sou insônia
sou um copo
de cachaça
sou raso
prato fundo
sou colher
garfo
faca
e sobremesa
o que sou
ainda
é o que fui
inconstante
desafio
frio
e morno
sou a chuva
que cai
na madrugada
que ninguém vê
respingos
na janela
inútil
imperceptível
o que sou
sou um pouco
o muito
cisco
no vento
ventania
na noite fria
lento
cheio de mim
sou o que sou
nada