"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

30 de mar de 2014

AMOR

como pôde
um amor
fazer tanto mal
despetalar
uma alma
calar uma voz
como pôde
uma flor
com tantos
espinhos
sem amor
sem carinho
como pôde
pisar
tanto
esmagar
debruçar
na dor
e sorrir
como pode
ainda
viver
sem culpa alguma
alma suja
imunda
causou tanta dor
roubou
toda paz
como pôde
andar
assim de cabeça
tão erguida
sem nada
sem nenhuma ferida
a ainda sorrir
depois do amanhã
como pôde