29 de mar de 2014

AGORA

estou curado
de novo
amado
novamente amando
estou
liberto
para sempre
marcado
coração
calejado
tatuado
seco
estou bem
renovado
renascido
descrente ainda
em quase tudo
e vivo
cheio de vontades
e verdades
intaladas
na garganta
foi um câncer
que corroeu
minha alma
estou bem
de novo na estrada
na velha estrada
da vida
vivendo
dos velhos
sonhos que não morreram
buscando
de novo
novos sorrisos
arrancando
do jardim
a raiz
do mal que tentou
roubar
de mim
o que sou