"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

12 de nov de 2013

UM POUCO A CADA DIA

Aprende-se
Um pouco
A cada dia
Que não se sabe nada
Que amores vem e vão
Paixões passam
Acabam
Morrem
Matam
Aprende-se
Um pouco
A cada dia
Sobre os olhares
Sobre os medos
Tantas ânsias
Angústias
Tantas flores
Sem perfume
Aprende-se
Que não se sabe nada
Nem nunca saberemos
Nascemos imperfeitos
Morremos ainda piores
Triste parte de uma não evolução
Aprende-se nada uma vida inteira