12 de nov de 2013

TANTAS COISAS


Tantas coisas
Erradas
Tanta vida jogada
Fora
Tanta mentira
Quanta hipocrisia
Fico com medo
De sair
De colocar a cara
Na rua
E tropeçar
Em tanta
Mediocridade
Não quero crer
Na maldade
Do ser humano
Quero ver
Apenas o lado bom
De cada um
Acreditei demais
Em sorrisos
E me jogaram no chão
E pisaram em mim
E me fizeram ser
Quem não sou, homem de lata