12 de nov de 2013

SOBRE MIM

Agora
Não ando mais
Como andei
Todas as alamedas
Da minha vida
Foram percorridas
Todas as esquinas
Vielas
Buracos
Não há nada que eu
Não saiba sobre mim
Não há mais
Nada que eu precise saber
Sei que olhares
Calam-me
Sei que gestos me instigam
Sei que me beijos me iludem
Sei que mentiras
Não mais me enganam
Agora
Não ando mais
Pelas ruas da minha vida
Já corri demais
Todas as alamedas, vielas, esquinas
Sei tudo sobre mim