12 de nov de 2013

PORTO SEGURO

Prendi
Meu barco
No meu porto
Joguei fora
Os remos
Queimei
As velas que me faziam voar
Desliguei o motor
Pra ficar ali
No meu cais
Sem caos
Resolvi
Deixar meu barco
Sem mim
Dos remos
Fiz fogueira
Do mar
Fiz poesia
Deixei o barco
Em porto seguro
Soltei as ancoras
Cortei as asas
E fiquei firme
No solo firme do meu cais
No solo seguro do meu porto seguro