12 de nov de 2013

POESIA

Escorre poesia
Escorre poesia
Por minhas veias
Escorre o dia claro
De sol
Por entre os vãos dos meus dedos
Escorre
Saliva
Do teu beijo
Escorre
Sorriso
Pelo canto escondido
Da boca
Escorre poesia
Pelas mãos aflitas
Pelos olhos
De onde escorrem
Lágrimas
Escorre poesia
Por minhas veias
Como se fosse vida
Querendo viver
Sem pedir licença
Escorre sem correr
A calma dos versos que não morreram