25 de nov de 2013

PARADO

Eu to
Parado
No ponto
Eu to
Sentindo
A chuva molhar
Meu cabelo
Logo meu cabelo
Que tava sujo
Eu to
Parado
No ponto
Esperando
A vida
Já que o ônibus
Não vem
Quando vem tá cheio
De gente
Que como eu
Esperava a mesma sorte
De todos
Eu to
Parado
No ponto
Sentindo
A chuva molhar meus pés
Eu não to descalços