"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

21 de nov de 2013

O QUE HÁ

O que há
É amor
Meu amor agora ecoando
Por onde passa
Por onde anda
O que há
São vestígios
De mim
Espalhados agora
Pelo teu mundo
O que há
É tudo o que se foi
Como rio sem correnteza
O que há
São marcas frias
No corpo ainda quente
Carente
O que há
É tudo o que ficou
Jogado
Espalhado por ai