"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

12 de nov de 2013

INERTE

Pontes
Caíram
Muros
Foram erguidos
Amizades
Foram desfeitas
Inverdades
Foram ditas
Perdeu-se a fé
Aprende-se a crer
Pintou-se o diabo
Mais lindo
Acabaram com Deus
Comeram merda
Cuspiram lixo
Pontes
E muros e cercas
Cacos, espinhos, farpas
Há asas
Que fazem voar
Há lembranças
Que me dizem
O que não quero mais
Aprendi
A ficar inerte aos meus desejos