"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

25 de nov de 2013

DEIXEI

Deixei
De gostar de mim
Perdi
Toda minha essência
Transformei-me
Naquilo que mais
Detestava
Jardim sem nada
Deixei
De ser quem eu era
Barco sem vela
Aquarela sem cor
Virei
Mendigo
Andarilho
Amante sem amor
Amado na dor
Deixei
Meu melhor
Escapar
Como vento quente
Num inverno frio
Fiz
Um inferno em mim
E deixei
Tudo para trás
Tudo o que nunca fui