22 de nov de 2013

CURVAS

Olho
Teu barco
Agora
Seguindo pelo teu rio
Seguindo
Na curva que nos separa
Olho
O tempo que ficou
E tento ver ainda
Se ficou algo de mim
Nesta tuas águas turvas
Se algo de bom
Ou se somente o nada
Olho
As pegadas
No caminho
Olho
Distante tudo o que se foi
Tudo o que seu barco levou
Pelo teu rio
Na curva que nos separou