12 de nov de 2013

A VIDA CORRE

Não há mais
Tempo
Para viver
A vida corre
A passos largos
Não há mais
Verdades
Mentiras
Que contamos
Aos filhos dos nossos filhos
Não somos mais
Os mesmos
Nunca fomos
Verdadeiros
Não há mais
Sonhos
Acorda-se com a sensação
De não ter dormido
Morre-se
Com tristeza
De não termos vivido
E amado
Como devíamos
Não há mais tempo
Viver consome a vida