26 de nov de 2013

A GENTE SABE

A gente
Sabe
Quando o riso
Não é só riso
É charme
É encanto
Tentativas
Inconscientes
De seduzir
A gente
Sente
Quando há mais
Que o natural
Jeito
De falar muda
Parece música
O corpo dança
A gente
Sabe
Só se engana se quiser
E fingi
Que não vê
O que todo mundo vê
A gente
Sabe
Quando há brilho
Diferente no jeito de olhar

SILÊNCIO


Amo
Teu silêncio
Teus olhos
Quase negros
Amo
Tuas mãos
De unhas longas
Naturais
Amo
Tua boca
Teus sinais
As pintas
Do teu corpo
Amo
Cada parte
Do teu eu
Tua pele
Tua epiderme
Amo
Teus cílios
Sobrancelhas
Teus cabelos negros
E o doce perfume
Natural de ti
Amo
Cada pedaço teu
Cada pedaço meu

VIDA



A vida
Tá escorrendo
Pelos ralos
A vida
Tá passando
Depressa
A gente tem que correr
Não dá tempo
Pra errar
Pra arriscar
Perder
Segundos
E perder
Tempo demais
A vida
Tá indo
Mais rápido
Do que podemos
Acompanhar
A gente precisa correr
Rápido
Demais
Sem correr
Sem poder tropeçar
Perder segundos
É perder vida demais
Sem poder correr atrás