27 de out de 2013

PRECISO

Preciso
Disso
De ar
De oxigênio
No meu cérebro
Preciso
De vento
Ventando sempre
Nas asas da minha
Loucura
Preciso de vida
De calor
De paixão
De amor
Preciso mesmo
E de
Instantes
De poesia pura