6 de out de 2013

ASSIM






Vou de novo
Tentar de novo
Um novo caminho
Depois
De tantos caminhos
Quero de novo tentar
E tentar
E cair
E me cansar
E chorar
E crescer
Vou de novo
Voltar a sangrar minha dor
Em forma de poesia
Porque sou
Assim
Feito
De tantos versos
Sem rima
Sem pontos
E portões
Vou de novo
Me achando e me perdendo
E me espalhando por ai
Em forma de semente
Vou de novo
Pelo mesmo destino meu
Mais amor
Menos amante