11 de ago de 2013

OLHARES



Olhares
Caídos
Sem querer
Mais
Olhar
E nosso olhar
Ainda
Querendo
Se encontrar
No que sobrou
De nós dois
Olhares
Seguindo
Os passos
Querendo
Saber
O porquê
De tantos porquês
E agora
Entre nós
Aquele vazio
Que nunca houve
E o silêncio
Que nunca existiu
Não somos mais
Os mesmos
Nem nunca mais seremos
E quem somos não sei
E os olhares
Perdidos em nós