"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

11 de ago de 2013

OLHARES



Olhares
Caídos
Sem querer
Mais
Olhar
E nosso olhar
Ainda
Querendo
Se encontrar
No que sobrou
De nós dois
Olhares
Seguindo
Os passos
Querendo
Saber
O porquê
De tantos porquês
E agora
Entre nós
Aquele vazio
Que nunca houve
E o silêncio
Que nunca existiu
Não somos mais
Os mesmos
Nem nunca mais seremos
E quem somos não sei
E os olhares
Perdidos em nós

CANSEI



Eu
Cansei
De gritar
Minhas dores
Cansei
De chamar
Em vão teu nome
 E quantas
Vezes
Andei
Sem rumo
Esperando
Te encontrar
Te braços abertos
E estavam
Fechados
Eu
Cansei
De esperar
Que caminhasse
Ao meu lado
Cansei
De pedir cansado
Os restos
Do teu amor
Eu cansei
De ser quem eu
Não era
Cansei de te querer
Mas nunca de te amar

PELO CAMINHO



Olho
Para trás
Para ver meus
Cacos
Pelo caminho
Olho
Para trás
Para enxergar
Desesperado
Meu passado
E não posso mais
Voltar
Não posso mais
Corrigir
O que ficou
E nem recolher
Os pedaços
De mim
Que ficaram
Olho
Para o mesmo
Céu de sempre
Procuro
Um novo
Caminho
Uma nova razão
Um novo destino
Olho para frente
E me vejo como sempre
Refletido no espelho de mim