"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

1 de jun de 2013

AINDA HÁ VOCÊ

Há um vazio enorme.
Há um vento frio. Um silêncio.
Murmúrios em meus ouvidos.
Noites intensas. Horas...
Há uma presença que me segue...
Há sentimentos ainda vivos em mim.
Palavras ainda ecoando.
Uma dor que não passa.
Vontade.
Medo.
Angústia.
Braços frios.
Corpo gelado.
Pensamentos.
Há você ainda.
Como sempre.
Há espaços. Passos.
Há algo que sangra.
Lembranças que chamam.
Chamas.
Fagulhas que não querem se apagar.
Há você ainda.
Em tudo.
Há tristeza.
Mágoa.
Paredes frias.
Há rascunhos não lidos.
Palavras não ditas.
Palavras ditas em exageros.
Inverdades.
Há o antes.
O agora
E não sei mais
Se ainda haverá
O amanhã.
Noites frias.
Lágrimas.
Espaços vazios.
Ainda há um sentimento gritando,
Implorando...
Há sussurros.
Desejos
De saber
De sentir
De seguir teus passos.
Há uma loucura contida.
Há teu nome.
Ainda há você.
Tantos porquês.
Ainda há você.