"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

9 de abr de 2013

O QUE SERÁ DE MIM

o que será de mim
aprisionado
neste amor
já não sei mais
se sei amar
se quero amar
antes
tudo era sonho
conto de fada
agora
estou aqui
parado
nesta estrada
olhando
as flores
plantei
e que arranquei
e deixei raiz
o que será de mim
se o sol
amanhã
não nascer
e voltar a chover
não sei
o que faço
com este amor
que eu tanto quis
tanto busquei
e esperei
e tentei
o que será de mim
se amanhã
acordar
sem ninguém