1 de abr de 2013

E O QUE ERA


e o que era
agora não é mais
devagar
o destino
ainda desconhecido
vai moldando
sem perguntar
nada
o amanhã
não há o que se fazer
a não ser
se deixar levar
e o que era
agora
fica em meio
a tudo
o que passou
e o amor
machucado
sofrido
sentido
fica sem saber
onde se agarrar
e o que antes era
lindo
agora fica sem cor
perturbado
confuso
sem saber
o que fazer
e o que era festa
está virando
aos poucos
lembranças
esquecidas...