9 de abr de 2013

CASTIGO

como
pode ter tanta
certeza
talvez
eu não vá
nem volte
nem chame
nem ligue
talvez
não queria mais
lembrar
querer
amar
como
pode ter tanta
certeza
talvez
eu fique
me cale
não fale
de coloque
de castigo
te faça sentir
o que não sente
quem sabe
eu decida
ir
decida
sumir
desaparecer
neste meu mundo
de ilusões
como
pode ter tanta
certeza
se amanhã
nem o sol
sabe
se vai ou nascer
nascer
em nossos horizontes