8 de abr de 2013

ACHO

acho
que não sei mais escrever
só sei sentir
acho que não sei 
mais amar
e mesmo assim
acho que amo
acho que vivo
acho que sinto
pareço
enfim
descobrir
neste tempo
tudo de mim
ou nada
parece que de novo
estou na mesma
estrada
que nunca estive
parece que há
pegadas
que não são minhas
não sei
de quem são
acho
que não sei mais nada
nenhum verbo
passado
nenhuma equação
matemática
acho que sou
o rascunho
que nunca quis ser
acho que te tanto amar
esqueci
de sentir
todo o amor que havia