21 de mar de 2013

QUE TEMPO É ESSE

que tempo é esse
que passa
roubando
o melhor de mim
olho-me no espelho
e não me vejo
durmo
e não sonho
amo
e não sinto
o amor
vou correndo
voando
e o tempo
esse tempo
que passa
sem que eu possa
deixar
vestígios de mim
que tempo é esse
que vem
rasgando
as folhas
em brancos
do livro que ainda
não escrevi
e já nem sei
se terei tempo
para escrever
já não me conheço mais
já não sei mais
quem sou
meus anos
passaram
e o que vivi
ficou no albúm de memórias
que não tenho mais
que tempo
é esse
que passa assim
rápido demais