"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

19 de dez de 2012

TEMPO

Ando sem tempo
De viver
Vivo
Sem saber
Sem sentir o que vivi
Acordo
E nem respiro
Muito menos
Me espreguiço
E corro
E voou
E apressado
Vivo
Sem saber
Que vivo
A única vida
Que me resta
Ando sem tempo
Querendo amar
Todo o amor
Que me resta
Todo o amor
Que grita
Todo o amor
Que transborda do meu peito
Todo amor
Que derrama
Como leiteira
O leite frio que agora é quente
E se perde
Para nunca mais
Ando sem tempo
De viver toda vida
Que já não há em mim...