11 de set de 2012

SILÊNCIO

Não adianta gritar
Se teus ouvidos
Estão fechados
Não adianta
Chamar
Se teus olhos
Estão olhando
Para outro lado
Não adianta
Tentar
Agradar
Teu coração
Se ele está fechado
Numa masmorra
Não adianta
Querer
Invadir
Teu mundo
Tua espaçonave
É muito mais veloz
Não adianta
Querer
Se não queres
O mesmo
Que eu
Não adianta tentar
Se todas
As tentativas
Foram em vão
Não adianta mais nada
Esperar
Quem sabe
Até
Que ame
Ou me veja