11 de set de 2012

RESTA-ME

Resta-me apenas
Esperar
Esperar
Sei lá
Se de braços
Abertos
Se de braços
Fechados
Sei lá
Se sem braços
Resta-me apenas
Querer
Que venha correndo
Sem tropeços
E que me encontre
Vivo
Já que a morte
Começa
Me rondar
Não sei se te espero
Ou
Se converso com a morte
Sobre assuntos
Sem contexto
Resta-me acreditar
Que chegue
Antes de mim
E me espere
Chegar
Para que eu não
me deixe
seduzir
pela morte
do teu eu em mim