8 de set de 2012

ME DEVORA

me devora
noite
devora
meus medos
minha ansiedade
minhas dores
minha metade
me devora
noite
como há tempos
atrás
me faz querer
ainda mais
amar
esse amor
devora
noite
minha insanidade
me deixa
assim exposto
vem noite
faz de mim
minha autopsia
deixa meu eu aos vermes
de mim
minhas vestes
rasgadas
meu amor flutuando
ainda mais em mim
vem noite
devora
meu cansaço
me faz dormir
em seus braços