9 de set de 2012

ASSIM DERREPENTE

assim
derrepente
sem avisar
meu coração
amou
outro amor
que não o teu
e decidiu partir
assim
derrepente
sem avisar
e deixou
para trás
tudo
o que não queria mais
assim
derrepente
lágrimas
transbordaram
dos olhos
e houve dor
e  amor
também chorou
pela dor
deixada
assim
derrepente
e o silêncio
se fez
e palavras
ecoaram
agora no vazio
e o coração
sangrou
ao ver que não era
mais o mesmo
amor
era outro amor
que surgiu
assim
derrepente
como surge todo amor
sem avisar