24 de jul de 2012

CHORO

agora
choro
sozinho
nas minhas
tantas noites
solitárias
agora
sofro
sozinho
o amor
que sinto
e que me consome
e não digo mais nada
agora
vejo você
passar
por mim
amando
um amor
que não conheço
amor
sem consciência
amor
sem querer
agora
não deixo
que ninguém mais
me veja
sentindo
minhas verdades
fico
no silêncio
inventando mentiras
ninguém saberá
se sofro
se choro
se morro por dentro