27 de jul de 2012

VOU VIVENDO

vou vivendo
agora
sem
saber
o que será
do meu amanhã
vou correndo
atrás
do meu tempo
querendo
sorrisos
extintos
quero abraços
fechados
vou vivendo
subindo
e descendo
degraus
subindo
e descendo
dos meus
tantos
abismos
vou vivendo
dos meus sonhos
e desejos
de um amor
perfeito
quem sabe um dia
eu acorde
de tudo isso
e descubra
que tudo isso
é mais
uma invenção
de mim

AINDA AMO

ainda
amo
o mesmo
amor
de sempre
o bom
e velho amor
preciso
agora
reaprender
a amar
um novo amor
cheio
de desapego
cheio
de liberdade
amor
sem vícios
amor
sem maldade
preciso
deixar
de lado
o velho amor
de sempre
preciso reaprender
dar um passo
de cada vez
e não mais
me entregar
como sempre me entreguei
e não amar
mais
como sempre amei
e tirar do centro do meu
universo
o amor
que sinto

NADA


não preciso
provar
nada para ninguém
nem falar
do que sinto
eu posso
andar sozinho
modo
criar
e matar
meus monstros

não preciso
mais dizer
que eu sou
nem para o que vim
e nem para onde eu vou
se precisar
morder
eu mordo
se precisar calar
me calo
ninguém manda
mais em mim
enfim
sou dono de mim
sou dono do meu destino
quem quiser
que me ame assim

24 de jul de 2012

SOZINHO

ando
sozinho
vestido
por uma solidão
invisível
todos contra mim
todos querendo
de mim
o que não sou
e sigo
por essa estrada
de areia
e sinto
minha cruz
cada dia mais
pesada
ando sozinho
por um caminho
tantas
vezes percorrido
já não tenho
pressa
porque sei
que meu fim
e o abismo
sei que morrerei

assim como
sempre

porque minha alma
está vestida
eternamente com o véu
da solidão...

CHORO

agora
choro
sozinho
nas minhas
tantas noites
solitárias
agora
sofro
sozinho
o amor
que sinto
e que me consome
e não digo mais nada
agora
vejo você
passar
por mim
amando
um amor
que não conheço
amor
sem consciência
amor
sem querer
agora
não deixo
que ninguém mais
me veja
sentindo
minhas verdades
fico
no silêncio
inventando mentiras
ninguém saberá
se sofro
se choro
se morro por dentro

DIFERENTE

eu
não vou pedir
não vou implorar
nem vou mais esmolar
não se pede amor
nem se implora amor
eu
vou me calar
e ficar esperando
que sinta minha falta
que me queira em sua vida
para sempre
eu
não vou mais
perder minha paz
nem vou chorar
mais como nunca chorei
nem vou ficar
vou apenas
deixar passar
vou fingir
que não ligo
que não me importo
até
que um dia
não me importe mais
nem ligue mais
e quem sabe
eu enfim
aprenda a amar
um amor como o seu

11 de jul de 2012

MUNDO DIFERENTE

às vezes
penso que não sou daqui
que não sou
de lugar algum
e tenho uma vontade
louca de sair
andando
por aí
até que me esqueçam
às vezes
me pergunto
quem sentirá saudades
haverá saudades
de mim
às vezes
penso que não sou daqui
quem sabe
de Marte
de Vênus ou Plutão
ou de algum lugar
que não existe
e assim
vou vivendo
seguindo
tendo que me adaptar
a tudo aquilo
que é tão diferente
de mim

2 de jul de 2012

UM AMOR ASSIM


eu também
queria
um amor assim
desapegado
livre da dor
da saudades
liberto
dos padrões
das convenções
das prisões
eu
também queria
saber amar assim
mas não sei
e me perco
e viajo
e enlouqueço
e esqueço de mim
e esqueço de tudo
da vida
dos sentimentos
do mundo
e me entrego
eu também
queria um amor
tranquilo
de suaves águas azuis
mas meu amor
é tempestade
meu amor é temporal
infarte


MINHA DOR

me deixe
com minha dor
me deixe
chorar
por horas
a fio
quem sabe
assim
esse amor
sai um pouco
de mim
me deixe
com meus pesadelos
e meus medos
com minhas ânsias
e meus monstros
ninguém
pode fazer nada por mim
nem eu
nem Deus
me deixe
sofrer
e me acabar
na solidão
sei que este
será meu fim
e não haverá
depois de tudo
mais dor
e minha dor
enfim acabará...

LOGO EU

logo eu
que pensei
saber tudo
logo eu
que achei
que era dono
de mim
me vejo
agora perdido
em uma estrada
tão solitária
logo eu
que pensei
dominar
o amor
me vejo agora
dominado
por um amor
maior
que eu
e agora
não me resta nada mais
e quantas vezes
chorei
e ainda
choro
logo eu
tão dono de mim
me vejo agora
entre o teu
e meu inferno