27 de mar de 2012

NÃO É AMOR

o que sinto
não é amor
é desespero
é medo
é angústia
de derrepente
acordar
e não mais te ter
e me perder
e nunca mais
me achar
eu não posso voltar
o que sinto
não é amor
não pode ser amor
é dor
é querer
é bem querer
e não ter
e não poder
e não sentir
e ver o sonho
real
escapando
por entre
as mãos
não
não é amor
nem paixão
é abuso
absurdo
loucura