29 de mar de 2012

EU AMO VOCÊ

eu amo você
e por te amar
demais
de te deixo em paz
amar
é via
de mão dupla
não quero
um amor
forçado
um gostar
por gostar
preciso
de um querer
sincero
eu amo você
e por te amar
assim
deixo
você
e espero que me procure
antes
deste amor
morrer
por mais
que haja amor
por mais forte
que seja
não há amor
que resista
não há amor
que sobreviva
não há amor
sem amor
eu amo você
e espero
enquanto houver
em mim
este amor
por você

QUEM SE IMPORTA

quem se importa
com a minha dor
se eu sofro
se eu choro
se eu me desespero
ninguém
ninguém
é capaz
de me abraçar
e chorar
comigo
e me dar a mão
e dizer
estou contigo
quem se importa
com o amor
que sinto
que se importa
se meu coração sangra
se me desespero
ninguém
ninguém
é capaz
de me estender
a mão
e acalmar
minha dor
sou poeta
preciso deixar de ser
preciso ver as coisas
de uma maneira real
não há poesia
na vida real
e quem se importa

EU QUE PENSEI

eu que pensei
que depois
de tudo
tudo seria
diferente
pensei
que fosse
possível
quebrar
essas correntes
pensei
que fosse possível
te libertar
eu que pensei
que depois
da tormenta
eu iria
ver o sol
não para
de chover
eu que pensei
que depois do fim
nada mais
restaria
não sei se foi ponto
final
reticências
ou vírgula
eu pensei que
depois
dele
tudo seria melhor
haveria mais sorrisos
as portas e janelas
se abririam
para um novo sol
para um novo mar
nada mudou
depois dele
somente ele restou

EU SOU ASSIM

eu sou assim
sinto assim
penso assim
e sei
quando as coisas
não vão bem
quando
é hora
de parar
quando
não há mais
razão
para desistir
eu sou assim
eterno apaixonado
chato
romantico
por excelência
e amo demais
mais do que deveria
acredito
no amor
ainda que doa
ainda
que ele (o amor)
me consuma
eu sou assim
impulsivo
descontrolado
descompensado
maluco
sou poeta
e sinto
e vejo o amor
como ninguém vê
e sinto (o amor)
como ninguém sente
e a dor
a velha dor
de amar
dói em mim
ainda mais

EU VOU DEIXAR VOCÊ

eu vou
deixar você
vou deixar
você
achar seu norte
achar
mesmo
se quer
se pode
vou deixar você
descobrir
o que você quer
o que é melhor
pra você
não posso implorar
seu amor
não posso chorar
em seu ombro
minha dor
mas não posso
também
esperar
não posso deixar
meu coração
sangrar
deste jeito
não consigo
perdi
pra mim
pra minha emoção
vou deixar
você
vou me acabar
sozinho
vou deixar
o amor
que sinto
me consumir
aos poucos

POIS É

pois é
ninguém é de ninguém
ninguém
manda
no próprio
coração
pois é
se não há certeza
no hoje
não haverá
certeza
no amanhã
ninguém é de ninguém
só sei
que se morre
de amor
só sei
que o amor
que liberta
é o mesmo amor
que prende
castiga
massacra
eu aprendi
agora eu sei
não se manda
no coração
eu preciso aceitar
entender
pois é
agora eu sei
ninguém é de verdade
de ninguém

EU ACHO

detesto
achar
mas sei
que vou acabar
sozinho
consumido
no meu mundo
pelo amor
que sinto
detesto
achar
mas sinto
que devagar
o chão vai me engolindo
estou
perdendo
as forças
estou gritando
e você
não me escuta
ninguém me escuta
e eu me sinto
sozinho
lutando
sozinho
por um amor
que não é meu
e eu nem sei
se será
já não sei se vale
à pena esperar
e eu choro
choro por dentro
e sofro
agora calado
sem falar
sem gritar
despedaçado
por dentro

TODOS OS DIAS

todos os dias
te espero
com um sorriso
te espero
com o coração aberto
te espero
para que tudo
flua
para que tudo
aconteça
para que tudo
em minha volta
melhore
todos os dias
e eu
não sei como vou
encontrar
você
não sei como faço
e o que faço
pra tocar seu coração
penso
milhares
de coisas
e sempre perco
para meu coração
vou me afastar
vou deixar você pensar
preciso saber
de verdade
quanto de mim há em você
eu sei que vou sofrer
vou me acabar
vou me consumir
vou dar o tempo que você
precisa
vou andar por aí
vou escrever
eu sei que vou sofrer

O QUE EU QUERO

o que eu quero
é tão pouco
e o pouco
pra você parece muito
então
o que posso
fazer
além de me calar
além de ficar
quieto
no meu canto
sinto
que estou sendo chato
sinto
que está confusão
de sentimentos
vai me deixar louco
minha cabeça dói demais
fico sem saber
o que fazer
como querer
como gostar
já não sei mais
se devo amar
se devo parar
se espero
se diminuo o passo
o ritmo
se insisto
se desisto
e deixo você livre
o que eu quero
é tão pouco
mas o pouco
pra mim
é muito pra você

28 de mar de 2012

TUDO

tudo
o que faço
tudo
o que penso
tudo
o que quero
tem um pouco
de você
ando nas ruas
e vejo
teu rosto
sinto
no ar
teu perfume
vejo
no sol
teu sorriso
na noite
teu abraço
em tudo
o que faço
e vivo
e sinto
tenho um pouco
muito de você
guardado
para sempre
em mim
tudo
o quero
tem muito de você
e quase mais
nada de mim

TE OLHO SEMPRE

eu gosto
de te olhar
olhar teu charme
tua face
delicada
teu colo
tuas mãos
teus olhos
vivos
intensos
tua boca
eu gosto
de te olhar
de ver voce andar
gosto
da tua graça
gosto
de ver teu sorriso
aberto
eu gosto
de ver você chegar
apressada
gosto
de ver você
concentrada
em teus afazeres
e te vejo
sempre linda
gosto
de chegar
e te encontrar
com os cabelos molhados
e ver você
sem saber o que dizer
eu gosto
de olhar você
e sempre
te olho

VOCÊ

eu sei
que tua vida
não é fácil
que mal
há tempo
para que lave
os cabelos
que mal há tempo
para você
respirar
e viver
e sentir
e quem  sabe
se entregar
eu sei
conheço
teus passos
tua vida
tua história
e vejo
você
sempre correndo
e torço
para que um dia
aceite
as asas que lhe dou
para que possa voar
eu sei
e quero que saiba
também
que não está mais sozinha
e que este fardo
não é mais só seu
é meu também

EU NUNCA SEI

de verdade
eu nunca sei
como vou encontrar
você
se brisa
se vento
ou vendaval
nunca sei
se estará
vestida de sorrisos
ou se estará
quieta
fugindo
de mim
de verdade
tenho que esperar
que me chame
que me procure
que sinta falta
de mim
como sinto
de você
nunca sei
o que se passa
em sua cabeça
tão cheia
de tudo
resta esperar
e ver você chegar
e torcer
para que eu veja
em seu rosto
o sorriso
que me acalma

27 de mar de 2012

QUEM É VOCÊ

quem é você
que me consome
aos poucos
que me faz feliz
e me faz chorar
quem é você
que me provoca
que adoça
minha boca
com fel
quem é você
que me faz
rastejar
quem é você
que me faz
querer
de um jeito
que nunca quis
e me faz sofrer
e me faz amar
como nunca amei
quem é você
que me dá asas
e não me deixa voar
que me dá a noite
e não me deixa sonhar
quem é você
que me deixa com sede
e não me dá
o que beber
e me beija
por um instante
e sacia
e embriaga
e me faz te querer
de um jeito
que nunca quis

NÃO É AMOR

o que sinto
não é amor
é desespero
é medo
é angústia
de derrepente
acordar
e não mais te ter
e me perder
e nunca mais
me achar
eu não posso voltar
o que sinto
não é amor
não pode ser amor
é dor
é querer
é bem querer
e não ter
e não poder
e não sentir
e ver o sonho
real
escapando
por entre
as mãos
não
não é amor
nem paixão
é abuso
absurdo
loucura

AINDA NÃO SEI

me quer perto
me quer longe
não sabe como me quer
quer que eu fale
quer que eu me cale
ainda não sei
o que fazer
me quer amigo
me quer amante
não me quer
de jeito algum
às vezes me beija
em outras tantas
rejeita
me abraça
me afasta
me empurra
num precipício
de sensações
me chama
me olha
depois ignora
o que sinto
e não olha para trás
me domina
me sacia
me esquece
que sentimento
é esse
ainda não sei

NÃO SOU MAIS O MESMO

é como
seu eu tivesse
morrido
e um outro
em mim
renascido
não sou mais o mesmo
e já não sinto
o amor
que um dia senti
é como
se eu visse
tudo por outros
olhos
e tivesse que passar
tudo
o que já passei
de maneira diferente
eu já não sei
é como
se eu acordasse
de um sonho
de uma noite
mal dormida
e percebesse
enfim
o sol
que sempre busquei
não sou
mais o mesmo
nem eu
nem meus sentimentos

13 de mar de 2012

UM DIA

um dia
derrepente
você acorda
e perceber
que do nada sua vida
mudou completamente
já não há 
mais o mesmo amor
suas convicções
e certezas mudaram
sua fé
está quebrada
tudo em volta
parece desmoronar
todos
os dedos 
te condenam
todos
apontam 
teus defeitos
de héroi
passa a ser vilão
não há mais 
abraços
olhares carinhosos
palavras
de afeto
derrepente
percebes
que tudo
está ruindo
e te vê caindo
no mais profundo
abismo
e percebe que não
há mais asas
que te façam voar
há somente lágrimas
tristeza
e a palavra que se escuta
é decepção
um dia
percebes
que o amor
é o pior veneno
e que ele mata
e que ele destroí tudo
e que ele
leva qualquer um 
a loucura
derrepente
do nada
um dia acordas
e não queres mais
nada
nenhum amor
nenhum dia a mais
nada
e pensas
que morrer
deixar tudo
começa ser a melhor
solução
um dia tu acordas