27 de fev de 2012

TEU SILÊNCIO

teu silêncio
vai aos poucos
matando
tudo em mim
e não mais
te acho
pelas ruas
por onde passo
e não te
encontro mais
nos passos
desesperados
e já não
sei mais
nada de ti
teu silêncio
ecoou
por um vento
que já não sopra mais
e agora
tá tudo sem sentido
e agora
vago pelas ruas escuras
e agora
o sol
deixou de brilhar
e o temporal
desabou
sobre mim
teu silêncio
minha dor