2 de jan de 2012

ONDE ESTÁ VOCÊ

Talvez
De frente para o mar
Talvez
No campo
No sertão
No interior
De mim
Eu sei
Que parte
De ti
Está em mim
Está no vento
Na lembrança
Que não se apaga
Na sensação
Que não passa
Na ilusão
Que não se desfaz
No sonho
Das noites
Agora mal dormidas
Onde está você
Talvez nos braços
De alguém
E eu aqui pensando onde está você