30 de jan de 2012

LOGO EU

logo eu
que pensei
dominar
meu coração
logo eu
que achei
que não gostaria
tanto assim
gostei
e quis
e quero mais
logo eu
que nunca senti
saudades
nunca senti
ciúmes
nunca quis
me perder
logo eu
que achei
conhecer
os atalhos
as armadilhas
me vejo
agora
sem força
para lutar
sem coragem
para dizer não
perdi
a cabeça
perdi
a razão