6 de nov de 2011

LUGAR MARCADO

a gente
se encontra
um dia
talvez
por aí
sem lugar
marcado
sem a pressa
a velha
pressa
de sempre
a gente
se encontra
para falar
da vida
que ainda
nascerá
e não mais
da vida
que passou
que importa
a gente
se encontra
um dia
sem querer
no ônibus
na beira
do mesmo
precipício
no porta
do mesmo inferno
um lugar
qualquer
sem pressa
sem ter um lugar
marcado