8 de nov de 2011

CORPO

teu corpo
é meu templo
nele
me refaço
nele
me acho
nele
me escondo
teu corpo
é minha fonte
onde
bebo
onde
inspiro
respiro
teu corpo
é meu eu
meu recomeço
meu porto
meu ninho
onde
me descubro
onde
te acho
viva
verdadeira
mulher
teu corpo
minha bênção
meu bálsamo